Conferência do embaixador Mariano A. Caucino

QUINTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO, 2016 ÀS 6:00PM

0012873476

INSTITUTO INTERAMERICANO PARA A DEMOCRACIA

Convide-o (s) a participar:

Discurso de incorporação como membro do Conselho Consultivo

EMB. Mariano A. Caucino

Tópico: “ Influências recíprocas nos processos eleitorais nos EUA e na Rússia

QUINTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO, 2016 ÀS 6:00PM

Na nossa sede

2100 coral Way. Ste. 500, Miami, FL 33145

Conferência (YouTube)

Mariano A. Caucino Ele nasceu em Buenos Aires em 1976. Advogada graduada em UBA (2001). Foi presidente do Conselho de administração da Fundação de altos estudos em ciências comerciais (2012-2016). Ele foi o fundador e diretor da escola de governo do DEUCE. É professor titular da história política da Argentina e da política externa na carreira de ciência política e governo dos DEUCEs. Foi diretor desse grau e diretor do departamento de relações internacionais e cooperação (2005-2012) naquela casa de estudos, recebendo o prêmio EXPORT 2009 no segmento de promoção da educação Argentina no mundo. Foi presidente da Associação de líderes empresariais (2010-2012) e Secretário da Federação Argentina de líderes empresariais. É membro do grupo consensos del CARI (Conselho Argentino de relações internacionais) e membro consultor dessa entidade. Na CARI participa das comissões dos Estados Unidos e dos estudos do espaço Eurasian. Ele foi nomeado membro para o período 2016-2017 do Instituto de política externa da Academia Nacional de Ciências Morais e políticas. Ele é um colunista regular em questões globais em mídia gráfica e audiovisual. É membro do clube político argentino. Ele escreveu os seguintes livros: “Argentina 1950-1980: um país instável na guerra fria” (DobleHache, 2013) e “Argentina 1980-2010: Cronologia de três décadas de nossa história recente” (DobleHache, 2012), “Rússia, ator global. O renascimento de um gigante e a inquietação do Ocidente “ (o Statesman, 2015), “A Rússia de Putin. Mito e realidade da liderança pós-soviética “ (Editions B, 2016) e “O pêndulo da Argentina. Os custos da imprevisibilidade e a oportunidade de consenso, “a ser publicado em breve. Em 2016 foi nomeado embaixador argentino na Costa Rica.

Mariano A. Caucino (Buenos Aires, Argentina, 1976) é advogada formada pela Universidade de Buenos Aires (2001). Ele detém a posição de Chaimon do Conselho de Curacionistas da High Studies in Business, a maior escola secundária não universitária da Argentina (2012-2016). Fundador e reitor da escola de governo em qualquer universidade e professor de história política Argentina e política externa. Chefe do departamento de assuntos internacionais e cooperação de qualquer universidade. Durante seu mandato, a Universidade recebeu o prêmio “Export 2009” por sua contribuição para a internacionalização da educação Argentina. Em 2010 foi eleito presidente da Associação de diretores de negócios de Buenos Aires e Secretário da Federação Argentina de diretores de negócios. Membro do Conselho de relações exteriores da Argentina (CARI). Faz parte das comissões dos Estados Unidos e da Rússia e da Eurásia. Membro do período 2016-2017 do Instituto de política externa da Accademy nacional de Ciências Morais e políticas da Argentina. Membro do clube político da Argentina. Autor de “Argentina 1950-1980: um país instável na guerra fria” (argentina 1950-1980: instabilidade política durante a guerra fria) (DobleHache, 2013) e “Argentina 1980-2010: Cronologia de três anos da nossa história recente” (argentina 1980-2010: três décadas de história recente) (DobleHache, 2012), “Rússia, ator global. O renascimento de um gigante e a inquietação do Ocidente “ (o papel global da Rússia) (o statesman, 2015), “A Rússia de Putin. Mito e realidade da liderança pós-soviética “(Rússia de Putin. Mito e realidade da liderança pós-soviética) (edições B, 2016) e “O pêndulo da Argentina. Os custos da imprevisibilidade e a oportunidade de consenso “(pêndulo argentino. Os custos da Inprevisibilidade e da oportunidade de consenso), a serem publicados nos próximos meses. Em 2016 foi nomeado embaixador na Costa Rica.