Beatrice Rangel

É Cuba, beibi!

A invasão de um país a outro justifica plenamente uma intervenção armada para livrar uma nação de uma força de ocupação estrangeira. Hoje a Venezuela é invadida por Cuba, e a comunidade internacional é dispensada pela falsa soberania e princípios de não-interferência. Há uma ampla evidência de que há uma força de ocupação estrangeira no território venezuelano. É tempo para o fim da impunidade em que os ditadores Cuban vivem. ” Pode amadurecer e a força de ocupação cubana ser derrubado sem intervenção armada?

      *Attorney & Political Scientist.   Director of the Interamerican Institute for Democracy. Published by Infobae.com  Sunday, Jne 7th, 2020 “The opinions published herein are the sole responsibility of its author” CSB: http://www.carlossanchezberzain.com/2020/06/07/el-castrochavismo-conspira-e-interviene-abiertamente-contra-las-democracias/  Twitter: @csanchezberzain Facebook: https://www.facebook.com/sanchezberzaincarlos

Lecciones de Venezuela

Lecciones de Venezuela Aldo Civico Esta semana, mi amigo Rodrigo Arboleda me invitó a un seminario del Inter-American Institute for Democracy sobre la crisis venezolana. Fue un foro de altura, con sólidos planteamientos académicos, que, cuando fue necesario, fueron también incómodos. Por ejemplo, escuché una postura crítica frente al trabajo del presidente interino Juan Guaidó…

El Emperador está verdaderamento desnudo

“In seeking for yet another term, Mr. Morales was violating a basic tenet of the Tacanas, power sharing. He was also pushing for oil and gas extraction in protected areas and proposing hydroelectric dams that would displace native communities.” Mr Morales fails to represent the Tacanas vision of governance and leadership. “We don’t consider him indigenous her. He has turned his back on us.”