Beatrice Rangel

É Cuba, beibi!

A invasão de um país a outro justifica plenamente uma intervenção armada para livrar uma nação de uma força de ocupação estrangeira. Hoje a Venezuela é invadida por Cuba, e a comunidade internacional é dispensada pela falsa soberania e princípios de não-interferência. Há uma ampla evidência de que há uma força de ocupação estrangeira no território venezuelano. É tempo para o fim da impunidade em que os ditadores Cuban vivem. ” Pode amadurecer e a força de ocupação cubana ser derrubado sem intervenção armada?

Venezuela: perigo de interferência

A internacionalização dos conflitos tende a estagnar soluções, seja porque eventuais aliados não agem firmemente, ou as partes do conflito perdem proeminência. É uma grande verdade que a internacionalização dos conflitos domésticos tende a adiar as soluções. A oposição venezuelana tem que fazer todo o possível para controlar a situação e que alianças concertadas não limitam sua capacidade operacional

O endosso obscuro de Almagro a Evo Morales liquida a credibilidade do OAS

Secretário Almagro, antes de Evo Morales nos escritórios do governo em la paz, disse: “para dizer que Evo Morales não pode participar hoje, que seria absolutamente discriminatório com os outros presidentes que participaram em processos eleitorais com base em um Decisão judicial reconhecendo a garantia de seus direitos humanos «é uma “garantia de sombra” porque contradiz o sustentado e gerido pelo próprio Almagro neste mesmo caso, não tem clareza ou transparência, cai no Reino da legalidade desonesto e duvidosa. Com o apoio de Almagro, Morales cumprirá seu plano. É por isso que é urgente esclarecer se Almagro pode lutar contra as ditaduras da Venezuela e de Cuba, enquanto consolida a ditadura do mesmo grupo criminoso na Bolívia.

TRÍADES VENEZUELANAS

No contexto político, as tríades tornam-se um meio de paz social. Os venezuelanos vieram, sem exceção, para toda a faixa, talvez, convencido, não sabemos se com racionalidade, que as alternativas mais que eles têm vai ser muito mais propensos a encontrar um que comprova satisfatória. Mas, na minha opinião, eles não esgotaram todas as formas possíveis de resolver a situação crítica que é experiente.

Aniversário de uma Gesta

A história da Brigada é muito rica em eventos, contradições e heroísmo. Muito foi escrito, documentários foram feitos e pseudo-analistas de diferentes nacionalidades e ideias políticas tiraram suas conclusões, mas esta nota visa apenas destacar a coragem e o senso de dever dos homens que deixaram os estudos, a família e o trabalho, para cumprir suas obrigações.

Juventude e capitalismo como uma atitude

Meu interesse aqui é descrever o capitalismo como uma atitude. Isto é, como um estado mental conectando uma pessoa a uma proposição. Uma conclusão fácil seria repetir o critério atribuído a Winston Churchill que “se um homem não é um socialista com a idade de 20 anos, ele não tem coração. Se ele não é conservador em 40, ele não tem cérebro. Os jovens de hoje rejeitam o capitalismo sem uma idéia desobstruída do que deve o substituir. Estes jovens que protestam são capitalistas: embora ainda não saibam.

¿Está dispuesta Rusia a defender a Maduro con las armas?

Algo está claro: a Rússia tem muito a perder se o poder deixa maduro. A Venezuela é o seu principal aliado nas terras americanas. Os russos sabem que os acordos alcançados não têm a aprovação da Assembleia Nacional e, portanto, não são legais e não serão reconhecidos, daí eles têm sido enfáticos em declarar “legítimo” o regime maduro. Todos os cenários devem ser vistos. Mas não parece que o sangue chegue ao rio.

As democracias não podem aplicar infames decisões judiciais de ditaduras

O uso de processos judiciais para intimidar, perseguir, subordinado e/ou eliminar adversários, jornalistas, empresários e líderes da sociedade, é a prática dos regimes do socialismo do século XXI. As decisões que são emitidas pelos juízes no serviço do regime são “infames falhas” que não podem ser validadas ou aplicadas por países com democracia.